terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

" A Mimosa" do Tenten.

A postagem de hoje é a história do meu amigo Marcelo, ele ficou cego, acho que aos 23 anos, quando sua esposa esperava sua primeira e única filha.Penso que não foi fácil essa perda, afinal tinha ele a expectativa pelo nascimento dela. Hoje percebo ele bem adaptado, até demais para meu gosto. Porque ele apronta um monte.
A narrativa abaixo são palavras dele.ok

Fui convidado para um aniversário de um amigo. Peguei a Mimosa e fomos pegar o onibus com destino onde seria a armação, na casa do meu amigo Duka.
Ao entrar no onibus, o mesmo estava lotado, procurei um assento e me acomodei, mais percebi um choro de nenêm, então comecei a pensar, será que é uma senhora com uma criança no colo!, fiquei escutando o choro do nênem para perceber se este som de choro era abaixo ou acima de minha cabeça, percebendo que o som era acima da minha cabeça! me virei para o lado e perguntei: a senhora esta em pé? resposta: claro!
Eu como bom cego, perguntei a ela se gostaria de sentar no meu lugar, pois estava achando aquela situação desagradável, levantei e ofereci o lugar para aquela senhora. Ela me agradeceu, e eu perguntei a ela porque que o cobrador não pediu para outra pessoa dar lugar a ela ? respondeu : moço! a educação não é para todos e sim para quem tem! fazendo a minha boa ação do dia, pedi para o motorista parar no mercado PROVESI. O motorista parou o onibus numa poça de agua, sendo que nessa poça,havia uma surpresa, um bueiro aberto. Lá vai!! o ceguinho para dentro do burraco, no mesmo instante o motorista me perguntou, você caiu? não!!! me joguei dentro do buraco, levantei e fui para o aniversário. Chegando na casa do Duka, todos olharam e começaram a rir diante de minha situação " todo molhado", então para que não fica uma coisa no ar logo falei, acredita que cai num bueiro ?? depois de muitos risos e gozações, começamos a conversar e então tudo aquilo que aconteceu passou. Depois de algumas cervejas, olha a ideia da criatura! Fui no Bailão!!! sendo que o bailão era no outro lado do rio, onde eu tinha que passar por uma pinguela pois a ponte estava sendo demolida para construção de uma nova. Ao me dirigir para a pinguela errei o cominho pois não sabia onde estava indo,a direção estava errada, só escutei os gritos !! " o ceguinho caiu no rio!" bem, não erraram muito porem, não cheguei a cair no rio mais como a Mimosa é guerreira me apoiei nela sendo que ela não permitiu que cai-se dentro do rio, mais sim ao lado de uma viga de concreto, levantei e consegui achar a pinguela, conseguindo chegar ao Bailão. Moral do historia " APESAR DAS DIFICULDADES SE VOCÊ VÊ QUE CAI, SE DEITE. SE ESTAS COM PRESSA VÁ UM POUCO MAIS CEDO, NÃO PODEMOS DEIXAR A PETÉCA CAIR, SE CAIR JOGUE Á PARA CIMA. Essa é uma de minhas história DO TENTEN".
Deu para reparar que muitos de nós deficientes, damos nome a nossa guia (bengala) pois ela é com certeza nosso ponto seguro. Onde podemos caminhar com um pouco de indepedência e segurança.
Claro quando não encontramos um rapaz "além de cego, louco varrido" esse é meu amigo, mas um ser muito especial. Tenham certeza.
Obrigada
Fiquem com Deus

Um comentário: